segunda-feira, 6 de junho de 2011

Padre (Priest)





Sinopse:

Após séculos de devastadoras guerras, a raça humana conseguiu finalmente derrotar o seus terríveis inimigos, os vampiros. Os poucos que sobraram foram isolados em reservas e os humanos vivem todos dentro das muralhas da Igreja. Os padres, treinados para combaterem a raça inimiga, fazem agora trabalhos laborais e são discriminados pela restante população.
No entanto, chega aos ouvidos de um Padre (Paul Bettany) que ocorreu um ataque de vampiros, e que raptaram uma menina de 18 anos, que por sinal é sua sobrinha. É então que ele pede permissão aos seus Superiores para ir atrás da refém, mas quando eles recusam, o Padre quebra o seu voto sagrado e parte em busca da rapariga. No caminho conhece o namorado da mesma, Hicks (Cam Gigandet), que o acompanhará nesta viagem, e reencontra uma mulher Padre (Maggie Q), sua conhecida, que o irá ajudar.
Quando os três chegam à cidade de Jericho, descobrem um local devastado por vampiros, e uma terrível e inesperada ameaça.

Indicação da semana


Esperei ansiosamente pela oportunidade de assistir ao filme, mas, por alguns erros de cena me frustrei. Não é que eu tenha depositado expectativas extremas, mas os momentos 'Matrix' passaram dos limites da mentira e eu não comprei. E como toda boa adaptação de mangá, esperamos sempre um pouquinho mais.
O roteiro é fantastico, mas o diretor (Scott Charles Stewart - Legião) provavelmente se empolgou demais em tirar do papel e dar vida, sem contar os erros de continuação. Espero que não faça o mesmo com City of Bones que está em pré-produção.
O elenco é interessante, uma dose de Twilight, True Blood, Duro de Matar, Star Trek e Nikita
Enfim, se você gosta de vampirose uma boa dose de mentira, vale assistir, mas claro, sem esperar muita coisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Padre (Priest)





Sinopse:

Após séculos de devastadoras guerras, a raça humana conseguiu finalmente derrotar o seus terríveis inimigos, os vampiros. Os poucos que sobraram foram isolados em reservas e os humanos vivem todos dentro das muralhas da Igreja. Os padres, treinados para combaterem a raça inimiga, fazem agora trabalhos laborais e são discriminados pela restante população.
No entanto, chega aos ouvidos de um Padre (Paul Bettany) que ocorreu um ataque de vampiros, e que raptaram uma menina de 18 anos, que por sinal é sua sobrinha. É então que ele pede permissão aos seus Superiores para ir atrás da refém, mas quando eles recusam, o Padre quebra o seu voto sagrado e parte em busca da rapariga. No caminho conhece o namorado da mesma, Hicks (Cam Gigandet), que o acompanhará nesta viagem, e reencontra uma mulher Padre (Maggie Q), sua conhecida, que o irá ajudar.
Quando os três chegam à cidade de Jericho, descobrem um local devastado por vampiros, e uma terrível e inesperada ameaça.

Indicação da semana


Esperei ansiosamente pela oportunidade de assistir ao filme, mas, por alguns erros de cena me frustrei. Não é que eu tenha depositado expectativas extremas, mas os momentos 'Matrix' passaram dos limites da mentira e eu não comprei. E como toda boa adaptação de mangá, esperamos sempre um pouquinho mais.
O roteiro é fantastico, mas o diretor (Scott Charles Stewart - Legião) provavelmente se empolgou demais em tirar do papel e dar vida, sem contar os erros de continuação. Espero que não faça o mesmo com City of Bones que está em pré-produção.
O elenco é interessante, uma dose de Twilight, True Blood, Duro de Matar, Star Trek e Nikita
Enfim, se você gosta de vampirose uma boa dose de mentira, vale assistir, mas claro, sem esperar muita coisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário